Publicado em 08.07.2022
Tema de Irma e Trindade em Pantanal é lançada por Gabriel Sater

A canção que ficou conhecida na viola do peão é uma composição do músico e faixa do álbum Erva Doce

O intérprete do peão Trindade na novela Pantanal, Gabriel Sater, lança no seu canal do YouTube, o single Noite de Tempestade, que veio a público pela primeira vez em acústico, como declaração de amor do misterioso violeiro para a personagem Irma (Camila Morgado), entre as cenas do remake transmitido às nove na televisão pela Rede Globo.

Nas redes sociais, a música ganhou o coração dos admiradores do casal, que aguardam do romance de Trirma — como são carinhosamente referidos —, um final tão bem-sucedido quanto o da canção, que diante da receptividade positiva, foi motivada a ser rapidamente liberada na versão oficial.

Com Sater na composição junto a Luiz Carlos — integrante da dupla Sá e Guarabyra —, assim como na produção musical com João Gaspar, Noite de Tempestade está entre as faixas antecipadas do álbum Erva Doce, quinto trabalho em estúdio do músico — previsto para lançar ainda em 2022 —, que inclui gravações inéditas e antigas, inspiradas na essência pantaneira correspondente à novela.

Além desta, Gabriel Sater é responsável pelo tema do casal Jove (Jesuíta Barbosa) e Juma (Alanis Guillen), uma regravação da composição de Beto Guedes e Ronaldo Bastos, Amor de índio (1978), feita em parceria com o maestro João Carlos Martins, a qual ganhou um videoclipe com cenas gravadas em São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Outras composições do artista já foram apresentadas em trilhas sonoras de novelas, como no caso de Cabelos de Fogo, canção-tema do personagem de Gabriel Sater, Viramundo, com o par romântico Milita (Cíntia Dicker), em Meu Pedacinho de Chão, que foi ao ar pela primeira vez na Globo, em 2014.

DECLARAÇÃO DE TRINDADE EM PANTANAL, 1990

Na versão original da novela, o chapeleiro Trindade — na época, interpretado pelo pai do Gabriel, Almir Sater —, se declara para Irma (Elaine Cristina) em uma roda de viola, assim como aconteceu no remake. No entanto, a música a qual ele a dedica é Tocando Em Frente, uma composição do Almir em parceria com Renato Teixeira.

Vencedora do prêmio Sharp como Canção do Ano na categoria Especial, e também, Melhor Canção na categoria MPB, em 1991, a música também é conhecida na voz de Maria Bethânia, responsável por realizar a primeira gravação em estúdio da composição, em 1990. Mais tarde, Tocando Em Frente entrou como faixa no álbum de 25 anos da cantora.

Por Letícia Nunes

Post arquivado em Notícias