Publicado em 25.04.2023
Sony apresenta 14 minutos de ‘Spider-Man: Across the Spider-Verse’ durante CinemaCon

A longa espera por “Spider-Man: Across the Spider-Verse” da Sony Animation está quase no fim, e o elenco do filme deu uma passada no CinemaCon em Las Vegas.

O codiretor Kemp Powers apresentou o filme com Shameik Moore e Hailee Steinfeld, que interpretam Miles Morales e Gwen Stacy no filme “Spider-Verse”. Eles se juntaram a Issa Rae, que interpreta Jessica Drew, outra webslinger de outra dimensão.

Em uma espiadinha de 14 minutos, os participantes do CinemaCon viram Miles exausto receber uma visita surpresa de Gwen, que foi provocada no final de “Homem-Aranha: No Verso-Aranha”. Ela conta a ele sobre a equipe multidimensional de Homens-Aranha que inclui Jessica e Miguel O’Hara, um Homem-Aranha frio e calculista do ano de 2099.

Os dois também falam sobre como se sentem solitários por não poderem contar aos pais sobre suas vidas secretas e como podem confiar um no outro de uma forma que não podem com mais ninguém.

Em todos os universos, Gwen Stacy se apaixona pelo Homem-Aranha”, diz Gwen. “E em todos os universos… não vai bem.”

“Bem“, responde Miles. “Há uma primeira vez para tudo, certo?

Mas Gwen não está lá apenas para ver seu futuro namorado. Ela também deixa para trás um drone-aranha para rastrear um vilão chamado The Spot, que está abrindo buracos em incontáveis universos. Miles quer acompanhá-la e ajudá-la com sua equipe de websling, mas Gwen se recusa, claramente escondendo segredos. Uma delas, como visto na apresentação do CinemaCon do ano passado, é que o pai de Gwen agora sabe que ela é uma webslinger e acredita que foi ela quem matou o Peter Parker de seu universo.

Há quatro anos, “Homem-Aranha: No Aranhaverso” se tornou o primeiro filme da Sony Animation a ganhar o Oscar de Melhor Animação, com uma sequência anunciada para lançamento em 2022.

Embora a sequência tenha sido adiada um ano em parte por causa da pandemia do COVID-19, Lord e Miller também disseram que atrasos eram necessários devido ao escopo ambicioso do filme. No CinemaCon do ano passado, a dupla de cineastas disse que o filme passaria por seis universos diferentes, cada um com seu próprio estilo de animação distinto e apresentaria mais de 240 personagens diferentes. Animar tudo isso exigiu uma equipe de produção de mais de 1.000 pessoas, a maior de todos os tempos para um projeto de animação.

Mas depois que “Across the Spider-Verse” for lançado em 2 de junho, os fãs das muitas encarnações diferentes do webslinger não terão que esperar muito por mais. Uma terceira parte, “Spider-Man: Beyond the Spider-Verse”, está programada para ser lançada em março de 2024.

Traduzido de The Wrap

Post arquivado em Destaque, Filmes, Notícias