Publicado em 07.06.2023
PIAF por ANNE CARRERE “Non, je ne regrette rien” no Espaço Unimed em 19 de agosto de 2023

Espetáculo celebra os eternos sucessos de Édith Piaf, cantados pela sua maior intérprete. Produzido por Manoel Poladian, com roteiro de Anne Carrere e Guy Giuliano.

A primeira vez que Anne Carrere esteve no Brasil foi em 2015, para comemorar o centenário de nascimento de Édith Piaf, interpretando a carreira de Piaf através de suas grandes canções, que fazem parte do patrimônio musical mundial. 

Em agosto, Anne Carrere volta ao Brasil com o show “Piaf! Non, je ne regrette rien”.  Maior intérprete de Piaf, a cantora francesa se apresentará em Belo Horizonte (MG), no dia 18 de agosto, no Palácio das Artes; São Paulo (SP), em 19 de agosto, no Espaço Unimed; Curitiba (PR), em 20 de agosto, no Teatro Positivo; Porto Alegre (RS), em 25 de agosto no Auditório Araújo Vianna; e no Rio de Janeiro, em 26 e 27 de agosto, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. 

Os ingressos para os shows de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, começam a ser vendidos a partir do dia 06/06, as 16h e demais cidades serão anunciadas em breve. 

Mais informações https://www.poladian.com.br/

Em cena, Carrere será acompanhada por quatro maestros, em um espetáculo que percorre a história de vida de Piaf desde os anos 30 quando, sem dinheiro, cantava nas ruas e nos bares de Paris para sobreviver, tempo da “La Mome” (La Vie En Rose),  até 1961, quando se apresentou no palco do Olympia,  um dos mais memoráveis concertos da vida de Piaf.

Com mais de 300 shows em 50 países, o grupo mergulha na vida de Édith Piaf, trazendo ao público durante 90 minutos uma experiência de tirar o fôlego. Os arranjos sublimes ficam a cargo de Guy Giuliano.

“A intenção do show não é simplesmente cantar ou trazer ao palco, mais uma vez, a canção de Piaf, mas sim colocar o tom na música e seguir em direção à sensibilidade para alcançar o íntimo e apresentar a mulher por trás da artista” diz Anne Carrere.

Só houve uma e nunca haverá outra Édith Piaf, insubstituível e única, mas a voz de Anne é sua melhor representação em 50 anos!”

Germaine Ricord, cantora e amiga de Édith Piaf

“Anne Carrere pode milagrosamente capturar a alma de Piaf e habilmente reviver seu espírito…”
The New York Times

“A voz e a personalidade de Anne Carrere nos remetem a Édith Piaf no topo de sua carreira”

Bernard Marchois, Presidente do Comitê PIAF e diretor do Museu Piaf de Paris

“Anne Carrere é a voz de Piaf no século XXI”

Post arquivado em Notícias