Publicado em 13.12.2022
O fenômeno gente boa Casimiro Miguel

Chegamos à última semana da Copa e só há uma coisa a ser falada. (Ainda mais agora que o Brasil não conseguiu segurar a bola e foi eliminado tomando um gol da Croácia com a equipe toda bagunçada.) O fenômeno Casimiro Miguel. Cazé já é um fenômeno das redes não é de agora. Tem concorrido a prêmios e ganhado alguns deles, além de ganhar dinheiro, muito dinheiro.

A fama chegou ao começar a fazer as lives em seu canal da Twitch durante a pandemia, algo que segundo ele foi feito para que pudesse se distrair, mas Casimiro já era conhecido pela sua participação no Canal De Sola no YouTube e no programa EI Games ambos da atual TNT, empresa onde começou como estagiário já fazendo graça na internet.

Hoje, Casimiro Miguel tem a TV Cazé, não sabemos ao certo questões de parcerias, porcentagens e tal, mas ele é o rosto e sua caricatura a marca do canal da internet que vem batendo recorde atrás de recorde com a Copa.

Tudo isso é um marco, mas o que queremos falar sobre ele é que Casimiro talvez seja um dos influencers mais bacanas que surgiram nos últimos tempos. Não se sente obrigado a dar opinião sobre tudo, mas naquilo que opina fala de maneira coerente. Parece entender o mundo que vive e os conselhos que dá são bons. Já se posicionou contra o preconceito e quando foi preciso se posicionou politicamente. Entende suas falhas e não usa esse entendimento como marketing de falsa humildade. Cazé não esqueceu de quem estava com ele e arrastou todo mundo para trabalhar com ele no novo projeto.

Cazé não é perfeito, está longe de ser, é uma pessoa normal e talvez isso seja o que faz ele ser o fenômeno que é. É o teu amigo que não irá querer que você se ferre e por isso vai falar o que acha que é o melhor. Vai assistir o programa contigo, mas o programa que ele gosta e que ache que você vai gostar também, assim como um amigo que chega para o outro e fala “cara, você precisa assistir isso”.

Quanto tempo irá durar esse fenômeno não sabemos, só nos resta torcer para que dure o bastante para ele continuar influenciando um monte de adolescente que até pouco tempo não tinha uma opção tão bacana.

Escreve aqui nos comentários o que você acha sobre o assunto. Valeu, até a próxima.

Continue nos acompanhando pelas redes sociais

Instagram | Youtube | Twitter

Post arquivado em Fala aí!