Publicado em 22.12.2022
Maria Carmem fala sobre empoderamento feminino em seu novo single “Maria Forrozeira”

A cantora e compositora Pernambucana Maria Carmem, filha do sertão do Araripe-Ouricuri, finalizou o seu primeiro trabalho solo, single intitulado “Maria Forrozeira” e que já está disponível nas plataformas digitais. A canção é uma composição de João Neto e Biguá, e será a canção carro chefe e única regravação do seu álbum. 

O novo single vem acompanhado de um videoclipe, que teve como cenário a Casa da Matuta em Jardim São Paulo-Recife. As gravações foram  realizadas no dia 16 de novembro.

12 horas de trabalho intenso. 

O ambiente rústico, rico em detalhes e pinturas, que fazem referência aos grandes nomes do ritmo musical forró como Luís Gonzaga e Dominguinhos, esculturas de barro e artesanato estão espalhados por todos os ambientes. Estão presentes detalhes que afirmam a cultura nordestina em todos os aspectos. Foi tudo escolhido a dedo, pela cantora e pelo produtor musical Junior Freitas (Eu e Tu Music), que realizou as gravações do videoclipe da nova versão da canção.

Maria Carmem afirma que o ambiente, além de ser um restaurante, é um espaço de resistência de grande relevância cultural, e que não haveria um local tão empoderado quanto esse para retratar a história da M.Forrozeira, personagem interpretada com maestria pela atriz Aline Santos.

A personagem retrata a liberdade de ser e se sentir uma mulher independente em primeiro lugar, que não abre mão de uma boa diversão e um bom forró, como também não deixa de viver e aproveitar a sua vida, como ela assim bem desejar, rompendo paradigmas que foram impostos às mulheres pela sociedade de forma negativa, e que acaba sufocando e oprimindo o processo de empoderamento que cada mulher tem que tomar para si, contra um sistema machista e femista, que ainda é muito presente nos tempos atuais, apesar de modernos, mas que estão camuflados de certa forma. 

“A Maria Forrozeira é uma mulher feliz, com alta estima 100% a todo vapor,  de carisma forte e contagiante. Ela provoca a curiosidade, afeto e desafetos ao mesmo tempo de quem tem um olhar e comportamento preconceituoso, que não suporta ver o avanço e crescimento de uma mulher bem resolvida. Ela gosta de se cuidar, se ama em primeiro lugar, sabe o que quer, e aonde quer chegar, essa personagem me retrata em vida real não apenas como artista, acredito eu que outras milhares de mulheres se identificaram com a Maria Forrozeira”, comenta Maria Carmem.

“E que em outro caso, que a personagem seja fonte do despertar da inspiração para as mulheres que não estão sabendo ainda se valorizar, enquanto ser humano, se amar, se sentir bem consigo mesma, seus desejos e suas vontades. Pois essa mulher que mostramos no videoclipe, e cantamos na canção, não abre mão da sua felicidade pessoal”, destaca a cantora Maria Carmem.

O projeto pode contar com o apoio de amigos(as), músicos, academia de dança Kátia Campos, que se fizeram presentes na arte de contracenar e dançar no salão enquanto ocorria o show de Maria Carmem na Casa da Matuta. 

O vídeoclipe promete muita animação e entretenimento.

“Sem dúvidas vai dar vontade de dançar junto com a Maria Forrozeira”, finaliza a artista.

Post arquivado em Música Brasileira