Publicado em 14.02.2023
Ludovico Einaudi na Vibra São Paulo

O compositor e pianista italiano faz show no dia 19 de março no Vibra São Paulo  

O renomado compositor e pianista Ludovico Einaudi se apresenta pela primeira vez no Brasil. O artista italiano faz show no no dia 19 de março no Vibra São Paulo, em São Paulo. Os fãs do músico vão poder contar com músicas de seu último álbum, “Underwater”, lançado em 2022, além de sucessos de sua carreira. 

“Underwater”, seu primeiro disco solo de piano em 20 anos,  surgiu durante o lockdown, quando o músico italiano aproveitou o isolamento para escrever canções em sua forma mais pura e íntima: sozinho ao piano. O novo trabalho traz 12 temas para piano solo, todos compostos recentemente. 

O álbum chega após um ano incrível para Einaudi, um ano em que as trilhas sonoras de “Nomadland” (vencedor do Oscar 2021 nas categorias melhor filme, melhor diretor e melhor atriz) e “Meu Pai” (Oscar de melhor roteiro e melhor ator principal ), ambos com faixas lançadas originalmente pelo compositor italiano em 2019, numa série de sete álbuns intitulada “Seven Days Walking”, tiveram grande repercussão. Em 2021, Einaudi lançou “Cinema”, coletânea com seus temas utilizados em filmes e produções de TV, e a série de podcasts “Experience: The Ludovico Einaudi Story”, com a participação de atores e cineastas como Russell Crowe (“Gladiador”) , Chloé Zhao (“Nomadland”), Shane Meadows (“This is England”), Florian Zeller (“My Father”) e Éric Toledano (“Os Intocáveis”).

SÃO PAULO 
Data: 19 de março de 2023 (domingo)
Abertura dos portões: 18h
Horário do show: 20h
Local: Vibra São Paulo
Endereço: Av. das Nações Unidas, 17955 – Vila Almeida, São Paulo – SP
Ingressos: a partir de R$ 95,00  (ver tabela completa)
Classificação etária: 16 anos. Menores de 15 a 08 anos, apenas acompanhados dos responsáveis legais*                                                                                                                          

*Sujeito a alteração por Decisão Judicial.

No verão de 2021, Einaudi levou sua música de volta à natureza, em uma série de onze concertos imersos no cenário deslumbrante de parques nacionais, reservas naturais, riachos, vales, lagos e prados montanhosos intocados, acessíveis apenas a pé, ao amanhecer, ao entardecer e sob o céu estrelado. Um convite para fundir a experiência musical com a paisagem natural.

Mas foi a experiência do tempo suspenso durante o confinamento, “com o mundo lá fora quieto e silencioso”, que deu origem ao novo álbum de piano a solo, editado em 2022 e intitulado “Underwater”, “uma metáfora para a fluidez sem interferências externas”. Uma abordagem mais fresca e imediata à música, no fluxo das emoções, numa conversa íntima, cara a cara, com o piano”. Em outubro de 2022 recebeu o prémio Opus Klassik pelo álbum “Underwater”.

Post arquivado em Notícias