Publicado em 09.02.2023
Dan Ferreira lança seu primeiro álbum, “ILÁ

Dan Ferreira lança o seu primeiro álbum, “ILÁ”, disponível a partir desta quinta-feira, 09/02, em todas as plataformas digitais.

Com dez faixas autorais, o artista registra seus primeiros passos no mercado fonográfico muito bem acompanhado, com participações especiais do baterista e percussionista Robertinho Silva, Jéssica Ellen, Larissa Luz, Alexandre Ito e Enjoyce.

Com o Rap como gênero principal, o álbum de estreia do artista também traz em sua sonoridade ritmos Afro Brasileiros como Samba, Samba-reggae e Ijexá. As letras abordam as experiências de Dan e sua relação com a família, amores, infância, trabalho, futuro, saúde mental e religiosidade com uma provocação: Quanto tempo a gente leva pra expressar quem é na totalidade?

Talvez seja esse um dos maiores questionamentos de cada um de nós. Na tradição do culto aos Orixás, na nação de Ketu, após iniciado, o Yawô (pessoa nascida para o Orixá) pode levar o período de um ano ou mais, até o Orixá emitir o seu Ilá, seu chamado. Assim como a impressão digital para nós humanos, o Ilá é único e cada Orixá tem seu. Tendo essa tradição como norte, o álbum se mostra em analogia e traz as vivências das 30 voltas ao redor do Sol de um homem brasileiro. Reunindo o que veio antes de sua existência, o que foi vivido por ele e o que virá a partir desse grito”, destaca o artista. 

Com distribuição da Mondé Musical via Believe, “ILÁ” conta com a produção executiva de Ana GB e Map Music, masterização de Luiz Café e mixagem do produtor musical Gabriel Marinho, responsável também pelos arranjos de base, ao lado de Alexandre Seabra, Marcus Homem e Caio Brandão e também da gravação, juntamente com Tuninho Villas. Prévia do disco, o single “Saturno” teve seu lançamento na última quinta (02/02), também em todas as plataformas digitais e pode ser conhecido, via YouTube, pelo link:

Dan, que também é ator com trabalhos de destaque no cinema e TV (novela “Amor de Mãe”, em 2019 e o filme “Pixinguinha, Um Homem Carinho”, em 2021), vive um momento especial, sem dúvida. Noivo da também atriz e cantora Jéssica Ellen, ele curte a paternidade desde dezembro passado, com a chegada de Máli Dayó, primeiro filho do casal. Ele poderá ser visto nas telas de cinema, a partir de 09 de março, no filme “A Porta ao Lado” e, ainda em 2023, como Gilberto Gil quando jovem, no longa “Meu Nome é Gal” (já filmado e com previsão de estreia também para 2023).

Post arquivado em Música Brasileira